.......

.......

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

AUMENTA A TEMPERATURA

O verão se aproxima e a temperatura no planeta terra tem alcançado números alarmantes. O continente Europeu viveu um intensa onda de calor no último verão. Segundo especialistas em previsão do tempo, o clima no planeta terra está sofrendo grandes modificações, ocasionada pela poluição e outras mazelas sociais produzidas pela humanidade.

O que cabe lembrar aqui, é que a Bíblia já falava sobre o  aumento da temperatura no planeta a muito tempo atrás. Basta lermos o Livro do Apocalipse, e veremos previsões não muito agradáveis.

Nós que somos crentes compremos logo alguns ventiladores e os que têm mais poses - Aparelhos condicionadores de ar para enfrentamos o próximo verão, pois do calor maior do inferno, já estamos livres.

domingo, 12 de dezembro de 2010

OS BATISTAS

A história dos batistas coincide com o final da história anabatista do século XVI. Na verdade é uma clara continuação das igrejas fiéis desde os tempos apostólicos até hoje. Escritores há, que movidos de inveja, e até mesmo de uma certa ignorância do caso, e outros, batistas, que não se importam com a origem de sua denominação, desejam dar aos batistas um começo no século XVII. Para tanto distorcem a história de algumas igrejas batistas, principalmente da Inglaterra, usando ora John Smith, ora Tomas Hellys como fundadores do movimento. Sinto em informar aos que concordam com essa idéia que estão errados ou mal intencionados a respeito da origem e história dos batistas.

A ORIGEM DOS BATISTAS

Podíamos simplificar e dizer que os batistas se originaram com os apóstolos. E é a pura verdade, pois, os apóstolos foram batistas, ou seja, batizavam. Mas os batistas tem sua origem nas igrejas antes denominadas de "anabatistas". É uma continuação do apelido. A única coisa que muda é o prefixo "ana", e este não caiu de uma hora para outra, foi um processo que levou quase cem anos para acontecer. A prova disso é a declaração do bispo Hosius, no concílio de Trento que chamou os anabatistas de "batistas", já em 1554. E nos Estados Unidos, a Igreja Anabatista de Newport foi fundada em 1639, e dez anos depois mudaria seu nome para igrejabatista de Newport. Portanto, são 85 anos de transição de um nome para o outro.

O fundador da Igreja Batista foi Jesus Cristo. Continuada pelos apóstolos ela teve uma grande ruptura em 225, quando as igrejas infiéis precisaram ser excluídas - que eram os católicos romanos e ortodoxos. Outra ruptura veio em 313, quando muitas igrejas fiéis aceitaram se unir com o Estado. Foram os batistas massacrados pelas igrejas infiéis durante treze séculos, tendo como apelido mais comum o epíteto de "anabatistas". No século XVII ela tem novo apelido, que é o de batista. Continuou sendo perseguida e só teve paz no século XVIII. Foi a partir dessa época que ela realmente conseguiu uma certa liberdade e cresceu, chegando hoje a milhões de adeptos espalhados em mais de duzentos países. Foi a primeira denominação a lançar um missionário na era moderna com Willyan Carey. Foi a primeira denominação a requerer liberdade religiosa a todas as denominações. É e continuará sendo uma igreja que segue princípios puramente bíblicos, os mesmos princípios dos seus antepassados anabatistas, os quais herdaram os princípios das igrejas apostólicas.

A DECLARAÇÃO DE ESCRITORES NÃO BATISTAS SOBRE SUA ORIGEM

O Cardeal Hosius, católico, 1554, presidente do Concilio de Trento, escreveu:
(Orchard s History Baptist, seção 12, parte 30, página 364)
"Não fosse o fato de terem os batistas sido penosamente atormentados e apunhalados durante os doze últimos séculos e eles seriam mais numerosos mesmo que todos os que vieram da Reforma".
Notem que a data é de 1554, ou seja, quase setenta anos a menos que os escritores errados afirmam o início da primeira igreja batista. Este bispo já chamava os anabatistas de batistas, e para ser bem sincero, é mesma coisa na prática religiosa. Sou batista porque? Porque batizo todas as pessoas que desejam fazer parte de uma igreja batista. Eles eram anabatistas porque? Porque rebatizavam os católicos. Não é de fato a mesma coisa?
Outra coisa interessante dessa declaração (e é preciso lembrar que foi o presidente de um concílio católico que durou de 1545 até 1563) foi o fato de Hosius mencionar a data de quanto tempo eles já haviam sido perseguidos, ou seja, doze séculos antes desta data. Então, 1554, menos 1200 anos, é igual a 324, data do início da perseguição das igrejas fiéis (ou anabatistas) pelas igrejas infiéis ou erradas (os católicos).

TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO

Esse é o nome dado à corrente teológica que apóia os chamados movimentos de libertação que atuam presentemente no mundo. Dentre tais movimentos distinguimos os de descolonização, atuantes na África, e outros atuantes, por exemplo, na America Latina, que são apenas expressão de insatisfações político-sociais.  Acreditamos que existem na Palavra de Deus afirmações seguras contra o uso da violência. Mas os adeptos da "Teologia da Libertação" propugnam a violência como única solução possível para os problemas considerados. Começa aí a negação da Bíblia na Mensagem de tais teólogos.


A Palavra de Deus afirma categoricamente que a verdadeira libertação só pode existir através de Jesus Cristo. O Evangelho é maior instrumento libertador a disposição da Igreja nos dias atuais. Não pode existir libertação por meio de filosofias, de Idéias revolucionárias ou de força armada. As palavras de Jesus foram as seguintes: 
  • "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". João 8:32
  • "Se o filhos vos libertar, verdadeiramente sereis livres" João 8:36;
Paulo afirma:"Não useis da vossa liberdade para dar ocasião a carne" Gálatas 5:13. 

Fica claro que a libertação do homem não pode ter inicio em uma mera liberdade no campo físico e sim no campo espiritual. Quando o homem atinge a liberdade espiritual ele é realmente livre para conquistar a liberdade nos outros campos da atividade humana.


segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

AS PERSEGUIÇÕES CONTRA OS ANABATISTAS



 As igrejas fiéis, a partir do ano de 253.A.D., foram decididamente conhecidas pelas igrejas erradas pelo apelido de anabatistas. Estudaremos as aflições que esses crentes passaram para permanecerem leais ao ensino de Jesus. Foram duas fases distintas de perseguição. Na primeira fase a perseguição foi sofrida juntamente com as igrejas erradas, pois, para todos os efeitos, os pagãos não saberiam bem distinguir quem era o certo e quem era o errado. Aos pagãos o que interessava era eliminar o cristianismo. Essa fase durou até o ano de 313 A.D. A partir desta data, o Imperador Constantino fez uma proposta de casar o Estado com a Igreja. As igrejas erradas aceitaram o convite. As fiéis não. Começou então a segunda fase de perseguição. Neste período vemos as igrejas fiéis sofrendo perseguições nas mãos de igrejas erradas. Abaixo temos um breve relato destas duas fases de perseguição.

Como uma igreja cheia do Espírito Santo vive. 05-09-2010 from IPSA on Vimeo.

Qual é o significado do Pentecostes? [SD] from IPSA on Vimeo.

DEUS OU DIABO??? VEJA O VÌDEO E CONCLUA....

video

BATISMO EM CAMPO REDONDO

Ontem a Igreja Batista em Campo Redondo, recebeu dois novos membros. Trata-se dos irmãos Marcio e Mario que foram batizados no Açude Mãe Dágua. Veja as fotos:




quinta-feira, 2 de dezembro de 2010